Devo prestar o concurso do Banco Central?

Tenho recebido vários emails de concurseiros que estão na maior dúvida se devem ou não prestar o concurso do Banco Central (Bacen), o último maior concurso do ano (ou o primeiro maior concurso do ano que vem?). Pois bem, resolvi então escrever esse artigo para ajudar esses concurseiros em dúvida a encontrarem uma resposta a essa pergunta.

Para facilitar as coisas, vou fazer essa orientação considerando três aspectos muito importantes desse concurso, entre outros tantos também importantes, mas que são menos prioritários na decisão de prestar tal concurso ou não. Vejamos.

1 - Dificuldade do certame

Sim, meus amigos, esse concurso será difícil em variados aspectos. Notem que já está sendo difícil na decisão de prestá-lo ou não, e continuará assim nos estudos, na preparação, na prova, no aguardo do resultado.

Concursos grande e visados como esse tendem mesmo a ser mais difíceis, principalmente pelo fato de atraírem grande número de candidatos muito bem preparados, logo a banca tem de dificultar as coisas para poder fazer a seleção dos melhores entre os melhores.

Não se engane achando que estudar apenas por uma apostila irá prepará-lo para esse concurso porque não irá. Para ter reais chances de vitória nessa batalha é preciso que o concurseiros já tenha um nível alto de conhecimento acumulado e que estude muito com um material muito bom, senão é garantia de ser "bucha de canhão", ou seja, não ter nenhuma chance real de vitória.

2 - Concorrência

Sim também, meus amigos, a concorrência nesse concurso será grande, aposto que uma das maiores do anos. Para isso vários fatores contribuem, como o fato desse ser o maior e mais interessante concurso que (por enquanto) acontecerá no período natalino/de ano novo (dezembro e janeiro), o que tende a atrair concurseiros que de outra forma estudariam sem edital para concursos do ano que vem, contribui também a remuneração para lá de desejável, o status de trabalhar no Banco Central, e por aí vai.

Claro que concorrência em si não quer dizer nada, mas principalmente por conta desse concurso acontecer numa época de entresafra natural de bons concursos, é natural que atraia um número respeitável de concurseiros muito sérios e muito bem preparados.

3 - Investimento

Muitos concurseiros, iniciantes e não tão iniciantes assim, pensam que estudar sério para concursos públicos é algo barato. Nada mais enganoso. Infelizmente, estudar para concursos públicos é caro, a começar pelo valor das inscrições dos concursos públicos (não acho que uma média de R$100 por inscrição seja barato num país como o Brasil!), passando pelos gastos para estudar (material de apoio, tempo dedicado aos estudos, ...) e, principalmente, pelo material de estudo.

Já se foi o tempo em que comprar uma apostilona que tecnicamente cobre todas as matérias para determinado cargo em determinado concurso e estudá-la de cabo a rabo era suficiente para garantir uma boa chance de vitória. Não, hoje a coisa é muito diferente. Para um concurso do nível do do Banco Central será preciso estudar com as edições mais novas dos melhores livros dos mais conceituados autores. Não tem como fugir disso, visto que a maioria dos concurseiros sérios fazem a mesma coisa, ou seja, estudar com esse material topo de linha não é ganhar em competitividade, mas não perder em competitividade.

Antes que alguém me acuse de estar desanimando os concurseiros menos experientes de prestar esse concurso, digo que somente estou dizendo as coisas como elas são, essa é "a vida como ela é". Não vou adoçar a pílula dizendo que esse concurso é para concurseiros de quaisquer níveis de conhecimento, porque não é, isso é fato. Claro que prestar esse concurso para ganhar experiência é válido, mas para acontecer é necessário encarar essa batalha tendo isso em mente, que será somente para ganhar experiência, porque entrar na briga crente de que vai bater e acabar levando uma surra faz mal, mas muito mal para a motivação do concurseiro.

Resumo da ópera - Se você também está em dúvida quanto a prestar o concurso do Banco Central, sugiro que você analise bem a dificuldade dessa batalha, de quais armas você dispõe para lutar e se vai entrar nessa briga para vencer ou para ganhar experiência. Entrar numa luta consciente do que irá enfrentar e do que se dispõe para lutar é o primeiro passo para ter melhores chances de vitória ou mesmo de ganhar experiência, sem colocar em risco a motivação no processo.

Charles Dias é o Concurseiro Solitário.

IMPORTANTE - Os textos publicados nesse blog são de inteira responsabilidade dos seus autores em termos de opiniões expressadas. Além disso, como não contamos com um revisor(a) de textos, também a correção gramatical e ortográfica é de inteira responsabilidade dos mesmos.

3 Response to "Devo prestar o concurso do Banco Central?"

  1. Helena says:

    OLÁ...
    JÁ FIZ VÁRIOS CONCUROS MAIS DE 12 E AINDA NÃO PASSEI EM NENHUM.
    SEMPRE ESTUDO PARA ELES, DE UMA FORMA BEM BOA, DO TIPO FAÇO CURSINHOS, TENHO AULAS PARTICULARES, ETC...
    GOSTARIA DE TER ALGUMAS DICAS SUAS, DE COMO SE PREPARAR PARA OS CONCURSOS, JÁ QUE ESTAMOS NO MESMO BARCO :)
    AGUARDO RESPOSTAS!!!
    GRATA,
    HELENA

    Chico says:

    Olá

    Sou Francisco sou de Itu SP to aqui em Fortaleza para estudar para o concurso do Banco Central.
    Gostaria de fazer parte de sua rede como faço?
    meu e-mail: francisco27@hotmail.com

    Chico says:

    Podemos trocar algumas experiecias

powered by Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme | Blogger Templates | Low Interest Credit Cards