O melhor computador para o concurseiro

Desde algum tempo venho recebendo emails de concurseiros novatos e não tão novatos assim perguntando qual o melhor equipamento de informática para o concurseiro. Se é melhor investir na compra de um notebook ou de um computador de mesa com um monitor grande, se é melhor usar Windows XP, Vista ou Linux, e dúvidas do gênero. Por conta disso resolvi escrever hoje um artigo que é mais um aconselhamento de qual o melhor equipamento de informática para o concurseiro em minha opinião.

Uma das melhores coisas que aconteceram para os brasileiros em geral nos últimos tempo é o modo como os computadores se tornaram acessíveis, tanto para uso quanto para compra. Hoje há uma lanhouse em qualquer cidadezinha, e comprar um computador básico sai mais em conta que comprar uma geladeira ou uma máquina de lavar roupas, além do pagamento poder ser parcelado em “trocentas” vezes. Isso permite um maior acesso à informação, uma modernização dos costumes. Lembro-me de um joguinho de computador que foi lançado há alguns anos onde o objetivo era desenvolver uma cidade da pobreza para a riqueza e para isso era necessário desenvolver a população, aumentar seu nível educacional e tal, um processo que em determinado ponto só continuava se você colocava na casa de cada um computador. Acho que na vida real não é muito diferente.

Pois bem, é fato que há computadores de vários tipos, formatos e características. Também é fato que para cada tipo de uso há uma configuração ótima de computador. O mesmo computador que será ótimo para um concurseiro não será ótimo para um gamer (alguém que adora jogar no computador) ou para um engenheiro. Fazer a melhor compra de computador é adquirir o equipamento que atenda totalmente às suas necessidades.

Uma boa impressora laser

Se há alguns anos material de estudo para concurseiros existia apenas em bancas de jornal, livrarias e algumas bibliotecas, hoje as coisas mudaram. É cada vez maior o número de ótimos livros e cursos publicados em formato digital (PDF), além de aulas em vídeo e áudio. Não é a toa que sempre cito aqui o Ponto dos Concursos, um cursinho para concursos de Brasília que sempre oferece ótimos cursos em formato digital cobrindo matérias dos principais concursos do país, material preparado pelos melhores professores das disciplinas. Esses cursos, além de ótimos em termos de conteúdo, têm preço acessível.

O problema para muita gente é ler trezentas, quatrocentas páginas na tela do computador, o que é uma verdadeira tortura. Concordo que é possível se acostumar bastante esse modo de leitura, mas chega num ponto que cansa mesmo. Além disso, é muito mais prático estudar com material impresso (em papel) quando se está num ônibus, metrô ou no sítio no final de semana. Então a solução é uma só, imprimir o material digital.

O problema com a impressão, até algum tempo atrás, era o custo. Tinta de impressora do tipo jato de tinta é mais cara, comparativamente, que champanhe francesa da mais cara. Para resolver esse problema há no mercado por preços muito acessíveis as impressoras laser. Essas impressoras têm custo de impressão muito baixo, mais barato que um xerox comum, com a limitação de imprimir apenas em preto, o que não é um problema para o concurseiro que imprimirá 99% de texto.

Tenho uma impressora laser Lexmark E120N, que custa atualmente em torno de R$390,00 e cuja recarga de toner para 2.000 cópias custa em torno de R$20,00. O que já imprimi de material com essas impressora não é brincadeira! Imprimo no formato brochura (duas páginas por folha frente e verso) e levo a uma dessas lojas de xerox, onde cortam no meio e encadernam, daí no final tenho o material bonitinho como se fosse um livro encadernado, fácil de usar e transportar.

Muita gente argumenta que é mais caro recarregar o toner (tinta em pó) de uma impressora laser que o cartucho (tinta líquida) de uma impressora jato de tinta. Se você optar por uma empresa de recargas será mais caro, sim. Só que ao contrário de um cartucho de tinta, recarregar o toner de uma impressora laser é muito fácil. No caso dessa impressora da Lexmark, compro pela Internet (www.e-laser.com.br) um kit com a tinta em pó e um chip que vai junto do cartucho de toner (como disso por R$20), daí tiro uma tampinha no cartucho e coloco o pó com a ajuda de um funil, com a ajuda de uma chave de fenda troco o chip e, voilá, está pronto para mais 2.000 impressões.

Banda larga é essencial

Não adianta nada do concurseiro ter um bom computador, uma boa impressora laser ... e uma Internet discada. Esqueçam, é perda de tempo, pois baixar um curso digital, uma video aula ou mesmo navegar por sites voltados para concursos públicos será uma tortura das mais dolorosas.

Em minha opinião, o concurseiro sério deve ter uma conexão banda larga de 300kps no mínimo. A conexão recomendada é de 600kps. Agora, para otimizar mesmo as coisas, nada melhor que uma conexão de 1mb ou maior.

Hoje pago mensalmente por volta de R$100 por uma conexão de banda larga do Velox de 1mb e afirmo que é um dos melhores investimento que faço para meus estudos, pois é com essa conexão que posso acompanhar sites concurseiros, assistir vídeos aulas (inclusives muitas gratuitas disponibilizadas em diversos sites), participar de vídeo sessões de estudo com amigos concurseiros e por aí vai.

Um bom computador

Quando o assunto é “qual o melhor computador para concurseiros”, esbarramos nas diversas opções de mercado. Antes de falar desse assunto, vejamos quais são essas opções.

Para começar a conversa temos de diferenciar desktops de laptops. Os desktops são os computadores tradicionais, não portáteis, que ficam em casa numa mesa ou escrivaninha, e têm o monitor, teclado, mouse e CPU em peças separadas. Os laptops, ao contrário, são aqueles computadores compactos e portáteis que reúnem todas as peças numa só.

Dentre os laptops temos duas opções. A primeira são os netbooks, a moda do momento, aqueles laptops pequenos, fininhos, levezinhos, com preços acessíveis. Esses computadores são caracterizados pela simplicidade e baixa capacidade de processamento, sendo otimizados para acessar a Internet (daí o net do nome) e usar aplicações leves. Os notebooks, ao contrário, são laptops maiores, mais completos, com maior capacidade de processamento e preço mais salgado, equipamentos desenhados para fazer tudo o que os desktops fazem.

Em minha opinião, por enquanto os netbooks não são uma boa opção de primeiro equipamento para os concurseiros. Se o cara já tiver um bom desktop ou notebook e grana sobrando, então nada o impede de ter também um netbook para estudos leves.

A dúvida fica entre ter um desktop e um notebook. Se o notebook dá mobilidade ao concurseiro, que poderá estudar em qualquer lugar (em casa, numa praça, numa biblioteca, ...), o desktop pode oferecer um monitor de maior tamanho onde é muito mais fácil de ler textos longos, além de obrigar o concurseiro a sentar a bunda num lugar específico e estudar. Além disso, os desktops são bem mais em conta que os notebooks. Por valores em torno de R$1500 é possível comprar um notebook “de entrada”, ou seja, um modelo mais simples de marca menos conhecida, ou então um desktop muito mais “poderoso” que oferece mais recursos. Outro ponto importante a se considerar, é que tendo um notebook, para se ter Internet em qualquer lugar da casa por wireless será preciso ter um gasto adicional com um roteador sem fio, o que torna o preço total do equipamento ainda mais salgado.

Particularmente prefiro ter como primeiro computador um desktop com um bom monitor LCD wide de 19 ou 22 polegadas (fuja dos monitores LCD comuns quadrados de 15 polegas, são um terror para ler textos longos) e HD com pelo menos 320 giga de HD e 1 giga de memória RAM. Agora mesmo fiz uma pesquisa na Internet e encontrei um desktop com processador topo de linha, 500 giga de HD, 2 giga de RAM e monitor LCD wide de 19 polegas por R$1349 em até 12 vezes sem juros no cartão de crédito, nota fiscal, garantia e frete grátis para as regiões Sudeste e Sul!

Resumo da ópera – Vale a pena investir em um bom equipamento de informática, afinal de contas, será sua ferramenta de estudo. Deve ser frustrante, além de contraprodutivo, ter de estudar usando um computador velho ou inadequado, uma conexão discada com a Internet e não poder imprimir os ótimos materiais de estudo digitais que são oferecidos por cursinhos e editoras de qualidade. Se você puder, invista num bom computador, numa boa impressora laser e numa boa conexão de banda larga, garanto que não será dinheiro perdido.

Charles Dias é o Concurseiro Solitário.

IMPORTANTE - Os textos publicados nesse blog são de inteira responsabilidade dos seus autores em termos de opiniões expressadas. Além disso, como não contamos com um revisor(a) de textos, também a correção gramatical e ortográfica é de inteira responsabilidade dos mesmos.

———«»———«»———«»———

CLIPE DO DIA

O som de hoje é do White Stripes e se chama "Seven Nation Army".

1 Response to "O melhor computador para o concurseiro"

  1. Concursista says:

    Vou discordar um pouco quanto ao comentário dos netbooks. Tenho um e foi o melhor investimento que já fiz. Tenhos livros, aulas em vídeo, aulas em .pdf... tudo nele. E levo em todas as viagens, qualquer shopping hoje tem internet grátis na praça de alimentação, os bons hotéis também... então a praticidade é muuuito grande. E a resolução da tela é muito boa, dá pra ler alguma legislação por exemplo numa boa. Claro que não dá pra estudar um módulo do ponto com 400 páginas, mas isso eu não faço nem em um monitor de 22 polegadas. Pra mim tem que ser no papel, pra anotar, rabiscar, puxar seta, colorir.
    Na minha opinião só não dá pra comprar aqueles netbooks sem HD, mas hoje já tem no Brasil vários com HD de 120 e 160 gb, cabe coisa pra caramba!

powered by Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme | Blogger Templates | Low Interest Credit Cards