Nem tudo que reluz é ouro...

Leio quase que diariamente os artigos publicados aqui neste blog. Considero uma excelente fonte de inspirações, motivações e uma grande ferramenta que nos guia nessa luta pelo tão sonhado cargo público.

Mas, como o próprio título diz... nem tudo é tão fácil. Se me permitem leiam uma pequena parcela da minha história nessa peleja dos concursos.

Tudo começou quando estava trabalhando numa Prefeitura da minha cidade (Sorocaba-SP), mas estava insatisfeito com o salário que recebia (o ambiente de trabalho era ótimo). Como eu estava cursando Faculdade de Direito eu precisava ganhar mais para poder manter meu curso (livros e cursos). Daí eu continuei prestando mais concursos na região.

Após alguns meses concorrendo eu fui chamado para trabalhar em outra Prefeitura próxima. Lá eu iria trabalhar sob o regime da CLT, ou seja, seria empregado publico. Bem.. pensei comigo: é concurso público e paga mais que o dobro que eu ganhava. Não exitei e resolvi pedir exoneração no cargo atual e optar pelo salário melhor.

Até aí tudo normal. Casa nova, funcionários antigos olhando com cara feia pra você por que você é forasteiro e "tira vagas" da população local e colocação dos locais (moradores daquela cidade) em lugares de melhor destaque. Mas logo no primeiro dia ouvi a seguinte pergunta: Você é daqui? Respondi que não e logo mandei uma pergunta, por quê? E veio a temida reposta: não é que aqui quase todos os concursos ocorrem fraude e colocação de apadrinhados.

Neste exato momento senti aquele frio na barriga e sensação: putz! Onde eu fui amarrar meu burrinho. Mas procurei relevar esta notícia.

Após alguns meses veio uma bomba: Ação Civil Pública promovida pelo Ministério Público pedia a imediata paralisação das convocações (da lista de classificação) e cancelamento do Concurso Público. O MP teve como base denúncias de fraude e alterações de gabaritos.

Bem nem preciso dizer que após este fato perdi totalmente o ânimo por todo um sonho, ou melhor, um direito meu que era exercer aquele cargo. Não dormia, não tinha sossego, não conseguia mais sorrir e mais alguns brindes como ser "marcado" como um dos possíveis que teriam fraudado o concurso.

Neste momento descobrimos como é o outro lado da moeda. Pois na Faculdade sempre estudamos casos de injustiças e agora estaria eu sofrendo um. Nesta hora que um médico é obrigado a ouvir de um companheiro de profissão que está doente e precisa de tratamento. E como um enfermo em busca de um milagre fui em busca de ajuda.

Resumo da ópera - Hoje estou sendo defendido e representado por uma colega de carreira e tendo data marcada para minha saída deste cargo. Houve alguns fatos que não mencionei para não alongar demais a minha história. Mas queria poder compartilhar com vocês o que está acontecendo comigo. E que sirva de alerta para que busca o tão sonhado cargo público.

Vinicius Mantovani – Empregado Público e concurseiro. Que por injustiça é obrigado a voltar para a guerra pelos concursos.

IMPORTANTE - Os textos publicados nesse blog são de inteira responsabilidade dos seus autores em termos de opiniões expressadas. Além disso, como não contamos com um revisor(a) de textos, também a correção gramatical e ortográfica é de inteira responsabilidade dos mesmos.

———«»———«»———«»———

Amigos, estou vendendo alguns livros para concurso, a maioria nova e sem uso, que poderá ser mais útil para outros concurseiros do que para mim que uso outro material de estudo. O envio é por minha conta para qualquer lugar do país. Se alguém quiser ficar com todos, dou um desconto legal. Interessados enviem um email para concurseirosolitario@gmail.com

Auditoria – João Imbassahy – Editora Ferreira – Sem uso – Novo custa R$64, estou vendendo por R$50.

Matemática Financeira para Concursos – Júlio Lociks – Editora Vestcon – Sem uso – Novo custa R$20,50, estou vendendo por R$15,00

De Olho no Dinheiro do Brasil – Ricardo Barros – Editora 24X7 Cultural – Sem uso – Novo custa R$18,50, vendo por R$14.

Economia Brasileira Contemporânea – Marco Antônio Sandoval de Vasconcellos e outros – Editora Atlas – Semi-novo – R$74, estou vendendo por R$50.

3 Response to "Nem tudo que reluz é ouro..."

  1. Cleber says:

    Vinícius, quem não deve não teme. Continue prestando, de preferência cargos estatutários, que dão mais garantias e a estabilidade. Tome este como um aprendizado, somente. Abraço.

    Maria Irene says:

    Nossa, Vinicius, que s* que fizeram!! Eu vou te contar uma: no último concurso para a Câmara aqui de SP, um querido amigo meu tirou o 1º lugar (merecidamente, pois o cara é fera no que faz). Porém, uns merdinhas resolveram fraudar o concurso na carreira de técnico, e a moçada descobriu, imagina vc, pelo orkut! Nem preciso dizer que ele não conseguiu a vaga, o concurso foi anulado e fizeram outro. Eu sinceramente não sei o que te falar. Sei sim: você conseguiu duas vezes - conseguirá, se for preciso, outras e mais outras. O simples fato de vc ter montado este blog demonstra que vc tá no jogo para ganhar. Gostei de saber que vc é de Sorocaba. Estou me mudando para esta cidade. Um grande abraço e boa sorte!!

    Camisa 9 says:

    Caramba, que história mais sinistra. Espero que você tenha consiguido provar sua inocência e permanecido no cargo..que Brasil é esse?

powered by Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme | Blogger Templates | Low Interest Credit Cards