Eventos familiares. Isheeee!!!!!!

Todo concurseiro sério passa por situações constrangedoras ao longo de sua jornada. É sempre muito delicado explicar para leigos os seus objetivos. Como por diversas vezes Charles Dias já discorreu neste blog, numa sociedade imediatista e cheia de parâmetros pré-estabelecidos qualquer atitude em sentido contrário ao senso comum acaba gerando desconfiança. E ser concurseiro simplesmente é quebrar paradigmas, é buscar algo mais profundo do que aquilo que sorrateiramente tentam nos impor. Porém, isso tudo tem o seu preço e o concurseiro sério deve estar muito bem mentalmente para enfrentar determinadas situações.

Uma delas, com certeza, é eventos familiares. O que para alguns é um momento de alegria e união, para nós, se torna um verdadeiro infortúnio. Uma porque não temos como evitá-los e outra porque antes mesmo de irmos até eles, já sabemos de antemão que seremos massacrados de uma forma muito sutil, mas intimamente muito doída.

Será no evento que tias e tios irão nos perguntar sobre nossas vidas e, ante a resposta, irão dizer, dentre outras coisas, o seguinte: “legal a sua escolha, mas faz já faz tempinho que estuda, ein!. Eu sempre trabalhei e estudei; na sua idade eu já tinha casa, carro..”; “meu filho é engenheiro(exemplo) recém-formado, está trabalhando em uma multinacional. Primos, então, nem se fale.. O infeliz (escravo 24h), não contente em se vangloriar e mostrar o seu carrão comprado em 60 vezes, vai se achar no direito de emitir um juízo sobre nossas escolhas.

Pois bem, colegas concurseiros, o que relatei é fato e não há como fugir (a não ser que você se torne um concurseiro das cavernas e rosne para alguém que ouse chegar perto de você). Durante muito tempo, tentei evitar o máximo esse tipo de reunião, mas como percebi que seria impossível, decidi adotar algumas técnicas para amenizar o drama. Talvez também sejam úteis pra vocês. Vejamos: procuro não mentir a minha real situação (pode ficar mais feio quando a verdade vir à tona; mentira mais comum: quem só estuda, mas fala que também está trabalhando em casa.); não conto o concurso que vou prestar; desvio o foco falando de futebol; não fico perto de “eventuais corneteiros”.

Resumo da Ópera - Goste ou não, sogros, cunhados, tios e primos existem, por isso mesmo a melhor atitude é enfrentá-los, pois se esconder pode prejudicar o relacionamento com quem você realmente se importa. Não tenha mágoa ou rancor, na medida em que o tempo, com certeza, dirá que você fez a escolha certa. Ah, sim, utilizá-los como motivação também pode ser uma bela idéia, mas, com as devidas cautelas, até porque de repente você pode se flagrar pensando (sentindo raiva) mais neles do que nos próprios estudos.

Zé Mario é um concurseiro sério que não está nem aí para provocações de familiares.

IMPORTANTE - Os textos publicados nesse blog são de inteira responsabilidade dos seus autores em termos de opiniões expressadas. Além disso, como não contamos com um revisor(a) de textos, também a correção gramatical e ortográfica é de inteira responsabilidade dos mesmos.

2 Response to "Eventos familiares. Isheeee!!!!!!"

  1. Puxa vida... Como me identifiquei com esse texto! É exatamente assim, com o povão todo reunido, de alguma forma vc se torna o assunto. Tem aqueles que ficam com pena - "Nossa! Há tanto tempo formada e nada ainda??!!", aqueles que ficam insistindo pra que a gente desista - "Desiste disso e arruma um emprego de uma vez!", fora a pior espécie, os que dizem convictos - "Concurso é carta marcada...". Fala sério!!! Temq ue ter a cabeça muito boa mesmo não é não??? Ainda bem que tem aqueles que dão apoio e força. É nesses que a gente deve se apoiar e ouvir o que eles dizem, pois se tornam nossa rocha!! O segredo é não se deixar abater, ninguém melhor que nós mesmos podemos saber se estamos ounão noc aminho certo, e outra: Concurso é uma fila que anda quando as provas são realizadas e os melhores aprovados. COm o tempo e os estudos estaremos também um dia, se Deus quiser, dentre os primeiros da fila. Eu creio nisso!!! E vou chegar lá um dia!!!

    *T C* says:

    Affss....Zé Mario, reunião de família sem ser concurseiro já é meio que tortura, sendo então me lasquei de verde e amarelo, pq o povinho com falta do q falar....pois é a resposta mais pratica do momento é q podia tá roubando, podia ta matando, mas sou concurseira\o/....dou uma risadinha ironica e pergunto a q horas vai sair a sobremesa.....é o jeito!!!Eu acredito e vou alcançar...persistindo e tentando, já determinei que quero e vou chegar lá;)

powered by Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme | Blogger Templates | Low Interest Credit Cards