Concurseiros preocupem-se menos e estudem mais!

Muitos concurseiros desperdiçam grande parte do tempo de estudo pelos mais variados motivos (internet, telefone, TV etc.) e entre esses as “preocupações” são responsáveis em grande parte pela falta de motivação e consequentemente diminuição do rendimento nas provas. Isso sem falar nos problemas de saúde causados pelo excesso de ansiedade e stress (dores de cabeça, fadiga, insônia, síndrome do pânico etc).

É muito comum encontrar concurseiros nos fóruns, ou até mesmo aqui no blog com as mais absurdas preocupações do tipo: “concurso público não é para mim”, “não me sinto capaz de ser aprovado”, “minha família não apóia meus estudos”, entre outras. Portanto, o esforço mental de se preocupar com qualquer coisa é maior do que buscar soluções práticas para enfrentar estas e outras situações.

Mas o que é mesmo preocupação? Segundo o dicionário Priberam da Língua Portuguesa, preocupação significa: “Estado de espírito ocupado por uma ideia fixa a ponto de não prestar atenção a nada mais”. A Bíblia diz em Mateus 6:31-33 “Portanto, não vos inquieteis, dizendo: Que havemos de comer? ou: Que havemos de beber? ou: Com que nos havemos de vestir? (Pois a todas estas coisas os gentios procuram.) Porque vosso Pai celestial sabe que precisais de tudo isso. Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas”.

Outra coisa que se deve saber sobre a preocupação é que ela é um hábito (péssimo hábito) e como todo hábito pode ser modificado ou até mesmo eliminado através de simples mudanças no modo de agir e de pensar, já que todos os “preocupadores” de plantão vivem cercados de pensamentos negativos e também de profecias das mais catastróficas possíveis. Um exemplo típico é o candidato que passa o tempo todo preocupado com a quantidade de inscritos no concurso como se todos eles estivessem estudando mais do que ele.

Entretanto, há outros candidatos que utilizam este estado de preocupação positivamente, pois a pressão em alcançar uma boa classificação estimula uma preparação mais focada no objetivo, sem medo dos concorrentes ou da desclassificação na prova.

Algumas dicas podem melhorar a sua programação mental diante das preocupações. Vejamos algumas delas:

- Escreva todas as suas preocupações em uma folha de papel e analise as várias situações, tanto positivas como negativas, através de questionamentos, acerca das mesmas. Dessa forma será mais fácil encontrar as respostas e, consequentemente, as soluções.

- O passado é um espelho quebrado. Não perca tempo chorando o leite derramado, os concursos que não prestou ou foi desclassificado. O importante é planejar os estudos para os concursos do futuro.

- Tenha um plano B, C, D, E etc. para todos os seus projetos. (Espere pelo Melhor e prepare-se para o Pior).

- Aprenda a conviver com os seus fracassos e derrotas. Não fique fazendo comparações absurdas entre você e aquele candidato que passou no primeiro concurso que fez. A única coisa que você pode fazer é procurar identificar possíveis erros no seu planejamento de estudo.

- Qualquer que seja o problema ou dificuldade pelo qual você esteja passando neste momento, tenha sempre pensamentos positivos. Estar desempregado, doente, apaixonado, gordo, magro, sem grana, é apenas uma situação temporária e que dependerá exclusivamente da forma como você vai reagir e lutar para alterar essa condição.

Resumo da ópera - Enquanto estamos preocupados com qualquer coisa, não conseguimos enxergar as várias soluções que existem para o mesmo problema. Desperdiçamos muito tempo e energia com o mau hábito da preocupação, ao invés de usar-los para um planejamento de estudo eficiente e produtivo. Portanto, colegas concurseiros preocupem-se menos, estudem mais e sejam muito felizes.

A preocupação só termina quando a fé começa” (Michelle Miguelete)

Fontenele é um concurseiro que anda muito pré-ocupado em estudar mais e melhor.

IMPORTANTE - Os textos publicados nesse blog são de inteira responsabilidade dos seus autores em termos de opiniões expressadas. Além disso, como não contamos com um revisor(a) de textos, também a correção gramatical e ortográfica é de inteira responsabilidade dos mesmos.

———«»———«»———«»———




8 Response to "Concurseiros preocupem-se menos e estudem mais!"

  1. Raquel says:

    Nossa, amei a sua lição pra lá de otimista de hoje. Parabéns por escrever cada vez melhor.

    Abraço!
    Raquel

    Kel says:

    Concordo com vc...
    Nunca me preocupei com inscritos, ou com os outros...
    Minha preocupação é sempre comigo...
    Adorei ler seu post... :)

    Macabéia says:

    Gostei muito da proposta do blog!!!
    =D
    Genial!

    Carol says:

    Olá Concurseira Solitária, começei a acompanhar seu blog na semana passada, gostei muito das mensagens positivas e dos desabafos que vc coloca aqui, pois todos os concurseiros solitariamente vivem esses desafios, é bom saber que tem mais gente assim e que vc não está só... Estou começando a pouco no mundo dos concursos, começei no fim do ano passado estudando para o TRE-PE, que foi anulado, agora fiz recentemente o MPU e não tive nota suficiente para ter minha redação corrigida, já fiz alguns concursos menores a nivel de prefeitura, mas sem êxito, mas continuo na luta, me sinto as vezes perdida, sem saber o que estudar, gostaria que vc desse dicas de livros e do que provavelmente seria cobrados em concursos como TRE e TRT que são os que pretendo fazer ano que vem. Só uma perguntinha pessoal agora, vc é mórmon?

    Raquel says:

    Somos uma equipe composta de 6 pessoas: 4 homens e 2 mulheres. Que eu saiba nenhum de nós é mórmom.

    Raquel Monteiro - uma das colunistas do blog.

    Fontenele says:

    Carol,
    Sugiro que você verifique os últimos editais desses concursos, que são organizados, na maioria das vezes, pelas bancas da FCC (TRTs) e CESPE (TREs).
    Leia este artigo que trata especificamente do assunto:
    http://concurseirosolitario.blogspot.com/2010/05/materia-especial-estudar-para-concursos.html

    Quanto ao livro, também específico para a área de tribunais:
    http://concurseirosolitario.blogspot.com/2010/05/resenha-como-passar-em-concursos-de.html

    Qualquer outra dúvida, fora religião, teremos imenso prazer em ajudar.
    Abraço!
    Fontenele.

    Olá Fontenele e a todos presentes....Primeiro gostaria de elogiar seu texto,suas palavras bem elaboradas....

    E em segundo, gostaria de dizer q fiquei lisonjeada de ver uma frase minha em seu blog, em seu texto!

    “A preocupação só termina quando a fé começa” (Michelle Miguelete)

    Fiquei muito feliz e surpressa pelo significado que esta frase tem se tornado para as pessoas. E gostaria de deixar aqui para todos concurseiros: (A esperança nunca morre...e qd morre ela rescussita, pq a esperança é Jesus Ele nunca, nunca morre, pq ñ pode morrer mais d 1 vez!) Potrtanto se vc desistiu uma vez, nunca mais desistirá, pq aprenderá a não desistir!
    Grata,
    Michelle B Miguelete

    Olá Fontenele e concurseiros leitores deste blog...
    Gostaia primeiro de elogiar o texto bem elaborado e bem otimista.
    E segundo, gostaria de dizer que estou lisonjeada de ver uma frase minha no texto: “A preocupação só termina quando a fé começa” (Michelle Miguelete

    Eu não sabia o significado que esta frase tinha para as pessoas até perceber em vários blos, vários sites!
    Gostaria de dizer, muito obrigado!
    E gostaria de deixar para os concurseiros: (Nunca desistam, desistir é o caminho mais fácil, o caminho mais fácil não é o mais divertido!Que história você teria para contar, se a hist. do mais fácil é tão curta, quanto seu caminho?!)
    Boa luta para todos!
    Grata,

    MICHELLE B. MIGUELETE

    Quem quiser seguir meu blog:
    http://www.blogger.com/profile/08686861540451860287
    E meu orkut:
    Michelle Miguelete

    Abraço a todos!

powered by Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme | Blogger Templates | Low Interest Credit Cards