Trabalhar x estudar

Sempre que venho fazer minha leitura diário nesse blog, eu me deparo com concurseiros que reclamam muito de diversas coisas. Não só eles ficam aborrecidos, mas meus colegas de curso e outros amigos que estudam somente em casa. Realmente, nós temos motivos de sobra para ficarmos queixosos. Como diz o Charles, só ficaremos efetivamente contentes com nossas nomeções. Nós temos de contornar tantas coisas!

Uma das reclamações que me chama a atenção é de quem trabalha e tem tempo exíguo para estudar. A outra vem de quem não trabalha, tem um pouco mais de tempo para estudar, mas tem outros problemas. Note que eu estou querendo trazer um pouco de alento aos dois polos porque cada um deles tem problemas que não são nada simples.

O concurseiro trabalhador, muitas vezes, tem a renda apertada (do contrário não estaria tentando concursos), mas muitas vezes consegue custear os próprios estudos. Não sem bastante aperto, reitere-se. O tempo é um elemento de muito estresse, pois, mal começa a entrar nos meandros do estudo, é obrigado a parar dormir ou ir trabalhar ou por qualquer outra razão. Esse concurseiro sério - somente esse tipo sofre - quer muito estudar mais, mas nem sempre consegue. É vencido pelo sono, pelo estresse, cansaço físico e pelas preocupações cotidianas. A grande maioria dos meus amigos enquadra-se nessa categoria. Como eles ficam preocupados! Eu fico querendo ajudar de alguma forma.

A outra espécie é a dos concurseiros que não trabalham. Esses também sofrem bastante! Imagina não ter como pagar por todos os livros, cursos que se deseja fazer. Eles sentem-se amarrados em seu progresso nos estudos por causa desse detalhe, diga-se de passagem, muito relevante. Muitos ainda, por estarem, em tempo integral em casa, precisam fazer tarefas domésticas ou são escalados por seus familiares por causa dessa "disponibilidade". Eles, ainda por cima, são chamados de vagabundos por leigos infelizes que não sabem nada do que estão falando (não entendem de macroecomia e mercado de trabalho). Esses concurseiros de fato têm mais tempo para estudar, mas sempre falta hora, dia, mês no seu calendário de estudos. Afinal, falta para todo tipo de concurseiro!

Eu me enquadro numa zona cinzenta entre esses dois mundos. Trabalho em casa, faço meu horário porque sou advogada e não estou vinculada a nenhum escritório. A desvantagem é ter uma remuneração variável e trabalhar com prazos (um monte deles vencendo ao mesmo tempo). Isso faz minha vida ser uma correria só. A solução que eu encontrei é estudar sempre que houver um tempo livre e tentar me planejar o máximo possível. Tenho dormido menos, é fato, mas tenho certeza de que verei retorno no futuro.

Resumo da Ópera - A grama do seu vizinho não é mais verde que a sua. Se você é concurseiro sério, pode ter certeza de que sua vida é repleta de desafios. São muitos obstáculos difíceis a transpor. Contudo, não impossíveis. O grande segredo para ser mais feliz é não se comparar com outras pessoas. Não se preocupe com o tempo que isso leva. Como se fosse fácil controlar a própria expectativa! Se você se mantiver firme em seus propositos, mais dia ou menos dia, seu sucesso chegará em forma de nomeação pelo Diário Oficial.

———«»———«»———«»———

Pergunta para responder no orkut:

Você é concurseiro trabalhador ou concurseiro caseiro ou concurseiro na zona cinzenta? Como você contorna essas adversidades inerentes à sua condição?

———«»———«»———«»———

Raquel Monteiro é uma legítima concurseira carioca.

IMPORTANTE - Os textos publicados nesse blog são de inteira responsabilidade dos seus autores em termos de opiniões expressadas. Além disso, como não contamos com um revisor(a) de textos, também a correção gramatical e ortográfica é de inteira responsabilidade dos mesmos.




———«»———«»———«»———

Clipe do dia



Vídeo de hoje é de uma música bonitinha, trilha sonora de um filme bem famoso.

4 Response to "Trabalhar x estudar"

  1. A cada nova postagem, gosto mais deste blog. Acredito que nenhuma outro site faça o concurseiro se sentir tão "em casa".
    Identifico-me com a maioria dos textos, o que me tranquiliza por perceber que a maior parte das minhas dúvidas e anseios são comuns à maioria.
    Como não frequento cursinhos, conheço poucas pessoas com objetivos em comum, o que me leva a buscar estas no "mundo virtual". Fico feliz em encontrar, aqui, parte desta interação que busco.
    Tenho certeza que este blog também faz bem a muitos outros concurseiros.
    Parabéns pelos posts!

    Camisa 9 says:

    É complicado mesmo né, Rachel. Eu trampava muito e até nos fds e nem aguentava estudar. Agora sai do meu emprego porque tenho outros planos para trabalhar um pouco menos, mas com muita ênfase, e poder ficar alguns meses apenas estudando, antes de ter de voltar ao mercado. Já fiz isso 1x e não me arrependo, passei no TJSP 2007 em SJC e agora espero eles me chamarem daqui a pouco...eu acho...eu espero :p!

    Mas cada cabeça é uma sentença. O bom do ser humano é que ele tende a se adaptar de forma rápida aos percalços do percurso!

    Bons estudos!

    Leila says:

    Já estive nas três zonas... acreditem!!! Hoje trabalho nove horas por dia, de segunda à sábado e tenho uma filha de dois anos. Com certeza minha fase mais puxada... o domingo que é o dia que passo todo com minha filha é o dia que abro mão no mês ou dois antecedentes ao concurso... e faço não só por mim mas com certeza por ela, mas não é nada fácil abrir mão deste dia tão nosso... mais difícil que dormir pouco durante a semana he he he... com certeza todos precisamos abrir mão de algumas coisas muito importantes por um tempo e aumentar a dedicação, a recompensa virá.
    Bom estudo e boa sorte pra todos nós!

    Olá Você! Entrei hoje no site para buscar um pouco de forças para continuar estudando. Eu trabalho e estudo para concursos. Agora fui tranferido na minha empresa, e tudo esta mudando, minhas rotinas... Tenho um concurso agora 27/06/2010. Fiz uma programação real até a data do concurso, com HBC por dia. Estou conseguindo cumprir. Isto me deixa feliz. Eu enxergo uma luz no fim do túnel mas acho que vai demorar no mínimo um ano e meio.
    Para quem trabalha e estuda, ou estuda e tem outras atividades, a dica é, nunca pare de estudar, mesmo que seja 2x15min por dia, nos dias mais corridos, e compense nos fins de semana ou nas madrugadas. QUEM ESTUDA, SEMPRE ALCANÇA!

powered by Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme | Blogger Templates | Low Interest Credit Cards