Concursos públicos superpop

“A xxx Cursos tem um recado para você que tem diploma de curso superior em qualquer área. Foi publicado o edital para o concurso da Polícia Federal. Salário inicial de R$ 5.620. Aulas ministradas no Colégio abc por policiais rodoviários federais. Não perca essa chance de mudar sua vida para melhor. Mais informações pelo telefone xyz”.

Como alguns de vocês já sabem, no momento moro em uma cidadezinha no sul de Minas Gerais. Pois bem, ontem tive de fazer algumas coisas no centro da cidade e no caminho ouvi essa mensagem do parágrafo anterior dita pelo locutor da rádio local que é a mais ouvida da região. Assim que ouvi tal chamada comercial, pensei no assunto do artigo de hoje.

A Luciana Gimenez que me perdoe, mas vou me apropriar do nome do programa diário dela na Rede TV por não encontrar definição mais divertida e “tudo a ver” para alguns grandes concursos que entraram para o imaginário das pessoas como as grandes oportunidades em termos de concursos públicos, concursos que por isso se tornaram superpop. Um deles são os concursos da Polícia Rodoviária Federal, outro é o de Auditor Fiscal da Receita Federal, outro ainda são os concursos para magistratura.

O que há de errado com esses concursos superpop? Nada, não há nada de errado. Acho apenas interessante como essas coisas entram no imaginário popular a ponto de merecer comercial em rádio local. Não é a toa que esses concursos têm centenas de milhares de candidatos, afinal de contas, entre os concursos são celebridades.

Imaginem o que passa pela cabeça daquela pessoa que está desempregada ou insatisfeita com o trabalho atual quando ouve uma propaganda dessas no rádio ou então lê um cartaz ou panfleto distribuído na rua anunciando cursinhos para tal concurso. Claro que o cara vai pensar “putz, essa é a chance que eu preciso” e acha que estudando por aquela apostila comprada baratinho na banca de jornal da esquina ou fazendo um cursinho “meia boca” com três aulas por semana está preparado para encarar um concurso desse porte com chances reais de sucesso.

Quem se dá bem em concursos superpop? Digo que 90% de gente que já vem estudando forte para esses concursos há pelo menos um ano antes da publicação do edital e 10% de gente com alguma base das matérias a serem cobradas que estudam feito dementes 20 horas por dia com qualidade AAA após a publicação do edital.

Acho que o grande problema de um concurso ser superpop é o extra no aumento da dificuldade para passar pelo funil representado pelo enorme número de candidatos. A lógica é simples, se há um número muito grande de candidatos para um concurso público, a banca tende a dificultar a prova um pouco (ou um muito mais, vai saber) que o normal para evitar que muita gente alcance excelentes pontuações e no final tenho candidatos três, quatro, cinco vezes o número de vagas, empatados com pontuação alta.

Resumo da ópera – Se sua meta é encarar um concurso superpop, pode se preparar muito, mas muito bem, meu amigo.

Charles Dias é o Concurseiro Solitário.

IMPORTANTE - Os textos publicados nesse blog são de inteira responsabilidade dos seus autores em termos de opiniões expressadas. Além disso, como não contamos com um revisor(a) de textos, também a correção gramatical e ortográfica é de inteira responsabilidade dos mesmos.

———«»———«»———«»———

CLIPE DO DIA



O clipe de hoje é de uma música muito interessante, que foi a vencedora do concurso Eurovision, que escolhe anualmente a melhor música interpretada por representantes dos países europeus. O nome do cantor é Alexander Rybak, a música se chama “Fairytale” e ele representava a Noruega.


2 Response to "Concursos públicos superpop"

  1. Realmente, esses concursos são os mais famosos! Querer passar em um concurso desse é a mesma coisa que querer passar em Medicina.
    Muitas pessoas que um dia pensaram em prestar concurso pensaram na PRF e na Magistratura. As pessoas mais humildes pensavam na PRF, porque exigia apenas o 2º. Agora, esse concurso vai sair dos sonhos, porque é de nível superior. Não será mais um concurso "SUPERPOP"!
    Sobre o AFRF, só é mais conhecido entre os concurseiros. Tinha tbm o extinto cargo de Técnico da Receita Federal, mas já era tbm: nível superior.

    Geralmente, o concurseiro fala em concuros escada. O cargo final (o último degrau) ou é AFRF ou é a Magistratura.
    Já o pessoal de Brasília tem outras ambições, né?! Lá tem o Senado que paga bem pra caramba!
    E os outros órgãos de lá, tbm.


    Aqui em São Paulo, um cargo de menor porte bastante cobiçado também é o de Oficial de Justiça.
    Tem gente que fica anos esperando esse concurso.


    Uma coisa que eu nunca vi foi a nota de corte desses concursos SUPERPOP.
    Houve um da PRF recentemente, mas nem procurei ver. Era pro norte, se não me engano.

    Vi nota de corte do concurso da Receita FEderal de 2005 ou 2006. Por ser um concurso tão cobiçado, eu esperava notas mais altas. Vi que foi preciso cerca de 60% para ficar dentro das vagas para o cargo de ...Técnico Tributário Aduaneira (?)!


    É preciso sonhar, mas também estudar.
    Dizem que esses concursos superpop são os mais difíceis, pois é muito concorrido. Infelizmente, a concorrência só é número, porque pessoas preparadas são poucas e não cresce, em quantidade, tanto assim.

    Parece ser mais difícil passar num Tribunal da vida do que num concurso superpop.
    Muita gente fica de galho em galho prestando concursos de TRTs e TREs da vida. E suas vidas seguem, estudando as mesmas coisas.

    Agora, se vc não passa num concurso da PRF, já era!! Só depois de uns 4 ou 5 anos, terá uma nova oportunidade.

    ----------

    Que bom que colocou senha no Shoutbox, assim não preciso mais escrever lá. Enchia muito o saco ter que enviar mensagem aos pedaços. Sem falar que comentários referentes a certos artigos se perdem no meio a tantos outros de assuntos diveros.

    B.C

    Camisa 9 says:

    Essa história de vários inscritos nos concursos SUPERPOP é o que faz essas provas se tornarem bem difíceis? Isso tem relação? O que você(s) acham?

    Éric

    *vídeo excepcional!

powered by Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme | Blogger Templates | Low Interest Credit Cards