Como foi a prova do TRE-MG

Ontem fiz a prova do concurso público do TER-MG e penso que seja legal passar para vocês minhas impressões.

Desde o começininho de janeiro vinha estudando exclusivamente para essa prova em tempo integral. Muita matéria, boa parte desconhecida para mim (Regimento Interno do TRE-MG, regimento dos cartórios e juízos e tal). Confesso que me dediquei muito ao estudo para esse concurso. Nas últimas duas semanas fiz somente questões de provas anteriores de arquivologia, direito constitucional e administrativo, leis 8.112 e 8.666, quase 1.000 questões feitas com nível de acerto de quase 90%. Ufa.

E chegou o dia da prova. Gente saindo pelo ladrão, muita gente mesmo, de todos os lugares.

Comecemos pela prova de conhecimentos básicos, com 20 questões.

Português (5 questões) – Achei que as questões estavam bastante fácil. Foram dois textos, um literário e outro jornalístico, cada um com uma questão de interpretação de texto e as outras três questões de gramática. Esperava que houvesse mais questões dessa matéria.

Informática (5 questões) – Também achei que as questões estavam bastante fácil, mas que demandava atenção extra em algumas questões. Uma delas tem, claramente, duas respostas certas, e, com certeza, será anulada e concedida para quem tenha assinalado qualquer uma das respostas corretas.

Raciocínio Lógico (5 questões) – Aqui houve um misto de questões fáceis, com questões mais chatinhas de resolver. No geral achei que foi mais difícil do que eu esperava, além de ter mais questões do que pensava que haveria.

Arquivologia (5 questões) – Aqui também fui surpreendido, pois esperava questões mais tranqüilas de resolver. No geral as questões estavam chatinhas e demandavam muita atenção na resolução.

No geral essa prova de conhecimentos básicos estava um pouco mais difícil que a média de outros concursos e isso, com toda certeza, surpreendeu muitos candidatos. Mesmo considerando que essa prova é de peso 1, rodar nela significa rodar no concurso.

Vamos agora para a prova de conhecimentos específicos, com 40 questões.

Direito Constitucional e Administrativo (16 questões, 8 de cada matéria) – Questões muito fáceis e justas. Quem estudou com seriedade o programa dessas matérias não teve problema para resolvê-las.

Direito Eleitoral (6 questões) – Não estava de graça, mas as questões foram justas, honestas com quem estudou bem a matéria.

Lei 8112 (5 questões) – Questões bastante tranqüilas para quem estava íntimo da matéria.

Regimento de Juízos e Cartórios (5 questões) – Aqui o bicho pegou na forma de questões detalhistas e que exigiam alto grau de intimidade com a matéria. Quem não estudou muito seriamente essa matéria rodou legal.

Regimento Interno do TRE-MG (8 questões) – Mesma coisa do Regimento de Juízos e Cartórios, exigindo íntimo conhecimento do Regimento Interno do órgão por parte do candidato. Outra matéria que vai derrubar milhares de candidatos.

Resumo da ópera – Essa prova não foi fácil, mas foi justa para com quem estudou com seriedade. Agora é esperar o gabarito preliminar oficial, entrar com os recursos devidos, esperar o resultado final e ver no que vai dar. Enquanto isso é começar a estudar para o próximo concurso!

Charles Dias é o Concurseiro Solitário.

IMPORTANTE - Os textos publicados nesse blog são de inteira responsabilidade dos seus autores em termos de opiniões expressadas. Além disso, como não contamos com um revisor(a) de textos, também a correção gramatical e ortográfica é de inteira responsabilidade dos mesmos.

3 Response to "Como foi a prova do TRE-MG"

  1. Zenio Zonta says:

    "Português (5 questões) – Achei que as questões estavam bastante fácil." Depois desta... muito fácil mesmo.
    Só para saber: Achei que as questões estavam bastante fáceis. ou melhor.
    Achei que as questões foram fáceis.

    Camisa 9 says:

    Você está em outro mundo já, Charles...no mundo dos que estão bem próximos de ser aprovados e nomeados e que ainda assim vai continuar passando em concursos e deixando vagas abertas por onde passar.

    Sua análise da prova mostra sua tranquilidade e um pouco de confiaça e otimismo adquiridos com os seus meses de estudos, vitórias e derrotas, mas vc está perto, está quase lá!

    Parabéns pelo seu esforço, logo logo você saíra da fila e outros continuarão nela enquanto você muda de fila. A fila dos que já passaram, mas querem continuar passando e se graduando cada vez melhor! Parabéns, vc é um exemplo para o blog!

    Éric

    Cátia says:

    Concordo com vc... a prova realmente não foi das mais fáceis.
    Que média vc acha que teremos nesta prova?
    Cátia

powered by Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme | Blogger Templates | Low Interest Credit Cards