Análise de edital - Concurso do Ministério da Fazenda

Amigos concurseiros, finalmente chegou o novo monitor para meu computador e agora é tratar de colocar a vida em dia e voltar o blog ao normal. E para comemorar esse retorno a normalidade, nada melhor que uma boa análise de edital, no caso, do concurso do Ministério da Fazenda, como havia prometido. Como o edital é bastante extenso, a análise será dividida em duas parte, uma publicada hoje e a outra amanhã. Então, vamos ao que interessa.

DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

O que mais chama atenção nesse item é o quadro de distribuição das 2.000 vagas oferecidas nesse concurso, para o cargo de ASSISTENTE TÉCNICO ADMINISTRATIVO.

Há vagas para todos os estados da federação, com maior concentração para os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Brasília e Rio Grande do Sul, em ordem de número de vagas de mais de 350 para o primeiro e mais de 100 para o último.

Nesse item também é colocado que se trata de um concurso de nível médio, ou seja, é preciso ter diploma de 2º grau (nível médio) para ser empossado no cargo.

No finalzinho dessa parte do edital há um item que especifica que sobrando vagas em algum estado, elas serão remanejadas para Brasília. Explico. Peguemos, por exemplo, a Bahia que tem 116 vagas. Caso somente sejam aprovados 100 candidatos entre os inscritos para o estado, as 16 vagas que sobraram serão somadas às de Brasília. Algo bem improvável de acontecer em minha humilde opinião.

REMUNERAÇÃO INICIAL DO CARGO

A remuneração dos felizes nomeados nesse concurso será de R$ 2.792,42.

Segundo alguns comentários em fóruns e comunidades da Internet sobre esse concurso, há algumas vantagens a serem incorporadas, um possível aumento vindo aí, uns descontos, mas no final a remuneração líquida, aquela que realmente irá para os bolsos dos novos servidores empossados no cargo, não variará muito desse valor.

Não é uma remuneração excelente, mas dá para quebrar o galho enquanto se estuda para concursos com remunerações muito mais atraentes.

DAS ATRIBUIÇÕES DO CARGO

Muito blá blá blá bonito para dizer que as atribuições desse cargo se resumem a fazer de tudo um pouco onde for preciso mão de obra. Simples assim. É um cargo médio, então espere atender ao público, arquivar documentos, bater carimbos e por aí vai.

DOS REQUISITOS PARA INVESTIDURA NO CARGO

Nada de exótico aqui. São requisitos usuais para muitos concursos e certidões negativas criminais, tributárias e tal.

DA INSCRIÇÃO

Aqui há informações muito importantes.

A mais importante é que a banca responsável por esse concurso será a ESAF. Essa banca é muito respeitada e conhecidas por cobrar lei seca e doutrina, ter questões complexas e longas, preparar provas trabalhosas, ou seja, por dar uma canseira nos candidatos que pretendem ter sucesso nos concursos que organiza.

Já prestei dois concursos de nível superior organizados por essa banca e posso dizer que é osso duro de roer enfrentá-la. Para nível médio acredito que o nível de dificuldade seja um pouco menor, mas mesmo assim “não será bolinho, passeio no parque”.

As inscrições poderão ser feitas entre os dias 09 e 20 de março e custará R$ 62,00. Pelo menos o valor da inscrição é bastante aceitável.

Para quem pretende pedir isenção da taxa de inscrição, nesse item está descrito em detalhes o procedimento para tal, que deve ser lido com muito cuidado.

DAS CONDIÇÕES DE REALIZAÇÃO DAS PROVAS

Esse item começa com duas informações importantes, sendo uma delas, , para muitos, um tanto preocupante:

As provas serão aplicadas nas cidades constantes do Anexo II, na data provável 26/04/2009.

A primeira informação é quanto onde serão prestadas as provas, ou seja, nas capitais dos estados da federação.

A segunda é quanto a data da prova. Aqui que o bicho pega para muitos, a banca apresenta uma data provável de 26 de abril, ou seja, daqui a pouco menos de dois meses. Segundo um professor de cursinho, esse “provável” tem haver com a banca deixar uma margem de manobra caso o número de candidatos inscritos seja muito acima ou muito abaixo do que espera, podendo assim mudar a data para poder adequar a estrutura necessária à realização das provas ao número de candidatos inscritos. Além disso, esse provável poderá ser apenas para após essa data, nunca antes.

O restante do item é dedicado às regras usuais vistas em outros concursos.

DAS PROVAS

Opa, a parte que interessa.

A prova será dividida em duas partes:

Uma de conhecimentos gerais que cobrará Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico-Quantitativo e Informática Básica em 40 questões. Língua Portuguesa terá peso 2 e as outras duas matérias peso 1.Além disso, há um mínimo de pontuação em Língua Portuguesa, quem não acertar no mínimo 8 questões será desclassificado.

Uma de conhecimento específicos que cobrará Direito Administrativo, Direito Constitucional e Conhecimentos básicos de Direito Tributário e Previdenciário também em quarenta questões, 10 de cada matéria. Enquanto Direito Administrativo e Constitucional terão peso 1, Direito Tributário e Previdenciário terá peso 2. Não há pontuação mínima para nenhuma dessas matérias.

Algo muito importante nesse item. Cada parte da prova distribuirá um máximo de 60 pontos, ou seja, o cara que gabaritar, acertar tudinho (algo virtualmente impossível), terá 120 pontos. Só que os candidatos que fizerem menos de 72 serão desclassificados. Isso mesmo, quem não fizer uma pontuação mínima de 60% e acertar mais de 40% das questões de Língua Portuguesa estarão fora do concurso.

Alguns de vocês devem estar arrancando os cabelos em desespero ... parem um minutinho e raciocinem comigo. Qual o concurso público atual que aprova com menos de 85% ou 90% de acerto? Acho que nenhum ... então esses mínimos são até bonzinhos demais e para os concurseiros que realmente querem ter sucesso nesse concurso, são irrisórios.

DOS RECURSOS

Nada de novidades aqui.Só para constar, os recursos para questões de provas da ESAF deverão ser enviados em papel, por SEDEX, para Brasília.

DA APROVAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO

Aqui há alguns pontos importantes:

- Serão classificados nesse concurso duas vezes o número de vagas do estado em ordem decrescente de pontuação. Exemplo, se o estado tem 100 vagas, serão 200 classificados, sendo o primeiro classificado o com a maior pontuação no estado e o último o candidato com a 200º maior pontuação do estado.

- Em caso de empate terão preferência quem tiver:

1 – Idade igual ou maior a 60 anos.
2 - tenha obtido o maior número de pontos ponderados na disciplina Língua Portuguesa;
3 - tenha obtido o maior número de pontos ponderados na prova de Conhecimentos Específicos;
4 - tenha obtido o maior número de pontos ponderados na prova de Conhecimentos Gerais.
5 - Persistindo, ainda, o empate, o desempate beneficiará o candidato de maior idade.

DA APROVAÇÃO

Serão considerados aprovados os candidatos com notas descrescentes no dobro do número de vagas para o estado.

DA HOMOLOGAÇÃO

Nada de novidades aqui.

Resumo da ópera - Bem, gente, por hoje é só. Amanhã analisarei o restante do edital, inclusive o programa de matérias que serão cobrada em prova.

Charles Dias é o Concurseiro Solitário.

IMPORTANTE - Os textos publicados nesse blog são de inteira responsabilidade dos seus autores em termos de opiniões expressadas. Além disso, como não contamos com um revisor(a) de textos, também a correção gramatical e ortográfica é de inteira responsabilidade dos mesmos.

5 Response to "Análise de edital - Concurso do Ministério da Fazenda"

  1. Olá, pode me esclarecer se as vagas são só para as capitais ou são, também, para o interior???

    Obrigada.

    Camisa 9 says:

    Excelente concurso. Excelente análise...agr é só ler o restante e começar a se familiar com Dir Tributário que eu nunca vi..., mas let's go!

    Bons estudos

    Éric

    Felipe says:

    então eric, sinto muiiiiiiito!!!

    Olá. Aki, será que existe alguma estimativa sobre o numero de candidatos por vaga de cada região?
    Caso não, pelo menos o numero de candidatos do ultimo concurso?!
    Grato, aguardo contato!

    Líviamiguel says:

    bom amigo já vi que entende do assunto, quanto a mim, só me resta pedir ajuda de quem entende, pois este é um novo desafio. Mas estou disposto a encarar, com sua esperiência se puder me ajudar em alguma coisa, fica aqui minha grande gratidão.

powered by Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme | Blogger Templates | Low Interest Credit Cards